BLOG

PSICANÁLISE

imagem blog psica

Quanto ganha um(a) Psicanalista?

pexels-cottonbro-4101143

Há duas questões que comumente pairam na mente das pessoas e sempre nos chega via mensagens:

  1. Quanto um(a) psicanalista ganha?
  2. É possível viver da psicanálise?

Buscando esclarecer estas questões fizemos um levantamento em fontes oficiais e situação de mercado. O resultado foi bem interessante!

Mas antes é preciso esclarecer alguns pontos, pois existem duas situações bem distintas: há aqueles psicanalistas que trabalham com carteira assinada, ou seja, são contratados por alguma empresa; e há aqueles que atendem na clínica psicanalítica em seu próprio consultório ou em parceria com um ou mais consultórios.

Estas duas categorias mostram situações de arrecadações mensais bem distintas.

Os psicanalistas CLT, formalmente contratados por empresas, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (CAGED), trabalham em torno de 36 horas semanais e apresentam um salário de até R$ 5.378,36.

No entanto este valor varia bastante e possui uma média salarial de R$ 2480,33 (média brasileira).

Fora do contexto CLT, os psicanalistas que trabalham com atendimento clínico em consultórios, recebem até R$ 48.000,00/mês, quase nove vezes maior que os altos salários para psicanalistas CLT.

Este fenômeno ocorre, pois, alguns psicanalistas atendem na clínica com um valor de R$ 300,00 a sessão, ou mais. Com cerca de 8 atendimentos por dia, durante 5 dias por semana, soma-se o valor de 48 mil Reais.​

Normalmente é atribuído este valor para aqueles psicanalistas com algum tempo de experiência, que já se consolidaram no ofício e adquiriam alguma posição de autoridade na área.

Para psicanalistas que trabalham na clínica e estão no início da atividade psicanalítica, os valores mais comuns das sessões variam de R$ 80,00 à R$ 120,00 e a jornada de trabalho, pode ocupar até 10 horas de atendimento por dia.

Nestes parâmetros podemos traçar uma arrecadação mensal de até R$ 24.000,00 para psicanalistas que estão iniciando na clínica.

É importante destacar que nem todos que iniciam na clínica psicanalítica conseguem lotar a agenda todos os dias da semana. A construção da agenda de atendimento de um psicanalista normalmente inicia com muitas janelas e aos poucos vão sendo preenchidas.

​Para ficar mais fácil de visualizar todo este cenário, construímos um gráfico resumindo as informações:

 

 

A possibilidade de renda no trabalho psicanalítico sem CLT, na clínica, indica um valor de 4,4 até 8,9 vezes maior do que os psicanalistas contratados por empresas e com CLT.

Esta pesquisa contou com dados oficiais do CAGED e um levantamento direto com psicanalistas de diversas regiões do país, curiosamente demonstrando a amplitude de receitas dos psicanalistas em diferentes condições de trabalho.

Os valores acima demonstrados estão atrelados a certas variáveis, como já mencionado, uma delas está relacionada ao fato do psicanalista ser iniciante ou se já possui certa autoridade na área.

Também foram identificados outros elementos que contribuem para variação dos valores das sessões de análise, como por exemplo a localização da clínica e a cidade. Normalmente, as grandes cidades ou capitais possuem o valor da sessão um pouco acima das cidades de médio e pequeno porte localizadas no interior.

De qualquer forma, isso não é uma regra e existem situações que mesmo em cidades pequenas psicanalistas atendem com os valores mais elevados de sessão e capitas que possuem clínicas com psicanalistas que atendem com valores sociais. Definitivamente não há uma regra geral para estes valores e de forma alguma estão atrelados a qualidade do analista (importante frisar isso).

Creio que neste ponto já está esclarecida a primeira questão [Quanto um(a) psicanalista ganha?], então partiremos para a segunda, que é bem simples e posso dar meu testemunho e de colegas da área.​

É possível viver da psicanálise?

Sim, perfeitamente possível. Além de ser um ofício maravilhoso, suas possibilidades de trabalho e renda proporcionam condições acima da média salarial do brasileiro.

Callil João

Callil João

Arquiteto-urbanista, psicanalista, mestre em Engenharia Urbana pela Universidade Federal de São Carlos (PPGEU-UFSCar) e doutorando pelo programa de Pós-graduação e Ciência, Tecnologia e Sociedade (PPGCTS-UFSCar), membro gestor e da Equipe Coordenadora de Cursos de Ensino a Distância do Instituto Esfera.

Compartilhe nas suas redes:

Conheça nosso Programa de Formação Psicanalítica

02-botão psicanálise sem escrito

Psicanálise

Formação de Psicanalistas para atuação no ofício clínico.

Cadastre-se em nosso Blog

Receba nossos conteúdos

Leia mais...

2-Imagem do Curso de Introdução à Psicanálise

Coragem para Pensar o Novo

Ao pensar e articular conceitualmente o que ele vivenciou nas suas investigações clínicas, formulou uma sistematização conceitual criando um campo meta psicológico

5b56e6_c37ea62004044bc986f53ff9a72b2a24_mv2

A Angústia Nossa de Cada Dia

Parece que dentre o campo de afetos experimentados pelos sujeitos em nossa cultura, o medo tem certamente um lugar muito especial.

pexels-cottonbro-4980318

O Inconsciente e a Sexualidade

Ele deu ouvidos ao drama, à loucura, ao êxtase histérico, ao campo da sexualidade…